Notícias

28/11/2019 15:44

Sindipema realiza plenária em defesa do FUNDEB permanente

Atos de mobilização em defesa do FUNDEB permanente e com mais recursos para a educação aconteceram em todo o país.

Na tarde de ontem (27), a sede do SINDIPEMA foi palco da plenária para discutir e defender o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação - FUNDEB e com mais recursos para a educação, que se transformou em principal política de financiamento da educação básica.

A vigência do FUNDEB vai até o dia 31 de dezembro/2020 e isso tem sido motivo de preocupação em toda a categoria nacional do magistério, uma vez que o governo Bolsonaro não deseja renovar o fundo. O FUNDEB concentra mais de 60% dos recursos investidos na educação básica, que vem do governo federal (União) e sem esses recursos, a educação ficará ainda mais sucateada.

No senado tramita as PEC 15/2015, PEC 33/2019 e PEC 65/2019 que propõe tornar o Fundeb permanente, levando-o para o corpo principal da constituição; aumentar a complementação da União (governo federal) e promover alterações nos critérios de distribuição dos recursos do fundo, de forma a beneficiar as redes que contam com poucos recursos adicionais para a educação.

“Não podemos permitir que esse desgoverno continue atacando a educação. Vamos resistir e traçar ações de luta e nos mobilizar, não só na esfera municipal, mas nacionalmente também para defender que o FUNDEB seja permanente. Ele é essencial para a alcançarmos uma educação pública de qualidade”, afirmou o presidente do Sindipema, Prof. Adelmo Meneses.

O SINDIPEMA segue na luta pelo FUNDEB permanente e mais recursos para a educação. Dizemos não ao sucateamento do magistério brasileiro.