Notícias

25/01/2022 17:41

Pare, pense, calcule e se revolte!

O Sindipema apresenta ao Magistério Municipal de Aracaju a calculadora de perdas salariais.

A Lei 11.738/2008 que instituiu, em 16 de julho, o Piso Salarial Nacional do Magistério é fruto de décadas de luta dos profissionais da educação no Brasil e está em vigência desde o ano 2009. No município de Aracaju, a atualização do Piso na carreira somente ocorreu nos anos de 2013 a 2016.

Pensemos sobre a importância social da nossa profissão, e é daí que deriva a necessidade da instituição de um Piso Salarial, visando o desenvolvimento da carreira docente. Para isso, também existe uma fonte de financiamento específico que tem como principal função cumprir a valorização dos profissionais da educação. O FUNDEB, que desde 2016, último ano que houve atualização do Piso, apresenta crescimento significativo. Só do ano de 2020 para 2022 aumentou de R$ 125.401.231,47 (cento e vinte e cinco milhões, aproximadamente) para R$159.667.571,07 (aproximadamente, cento e cinquenta e nove milhões de reais). Precisamos exigir os dados financeiros das verbas da educação, especialmente do FUNDEB.     

A valorização dos Profissionais da educação tem impacto imediato na qualidade do trabalho docente e o contrário também acontece.

Utilize a calculadora de perdas (clique aqui) e perceba que a não atualização anual do Piso Salarial  impõe  perdas brutais e congela a nossa carreira, promovendo a desvalorização aviltante do Magistério Público e da educação. Dê ampla divulgação entre seus colegas de escola, realize debates internos e organize estratégias de luta junto ao Sindipema.

Revolte-se! Não podemos desistir de um direito tão caro para o Magistério – a atualização anual do nosso Piso Salarial.

  • Ícone Facebook Facebook
  • Ícone Twitter Twitter
  • Ícone Linkedin Linkedin
  • Ícone Whatsapp Whatsapp
  • Ícone Email Email